What Really Happened to Baby Jane
Connie B. de Mille (aka Ray Harrison)
Ficção : 32' / Drag, Camp, Comédia

What Really Happened to Baby Jane foi filmado poucos meses após a estreia de What Ever Happened to Baby Jane?, a longa-metragem de 1962 de Robert Aldrich, protagonizada por Bette Davis e Joan Crawford. Se a obra de Aldrich é em si um expoente da cultura camp – extensível às vidas não tão privadas das suas atrizes -, o Gay Girls Riding Club soube rapidamente tirar partido deste potencial, exponenciando ainda mais essa qualidade camp, num filme de interiores onde se destaca a direção de arte, que usa uma série dos adereços originais do filme de Aldrich, o que revela a enorme proximidade de parte dos membros do GGRC à indústria de Hollywood da época.    

Retrospetiva
https://www.americangenrefilm.com

/ Detalhes

Ano: 1963

País: EUA

Língua: inglês

Legendas: português

Elenco: Freida, Roz Berri

/ Realização

Connie B. de Mille (aka Ray Harrison)

EUA


Ray Harrison foi um cineasta americano que assinou alguns de seus primeiros filmes como Connie B. de Mille. Fazia parte do coletivo de filmes underground dos anos 1960, Gay Girls Riding Club, um grupo de homens gay – alguns deles parte da indústria -, que parodiou clássicos de Hollywood com uma série de elaborados filmes amadores. Largamente desconhecidos, hoje, esses filmes, feitos num período em que as vidas gays eram comumente retratadas como trágicas no cinema, são um documento essencial da afirmação de uma identidade positiva gay pré-Stonewall.


Filmografia

1972 - All About Alice (Longa-Metragem)
1969 - Les Boys (Curta-Metragem)
1967 - The Spy on the Fly (Curta-Metragem)
1963 - The Roman Springs on Mrs. Stone (Curta-Metragem)
1963 - What Really Happened to Baby Jane (Curta-Metragem)
1962 - Suddenly, Last Sunday (Curta-Metragem)

1962 - Always on Sunday (Curta-Metragem)

Este site utiliza cookies da Google para disponibilizar os respetivos serviços e para analisar o tráfego. O seu endereço IP e agente do utilizador são partilhados com a Google, bem como o desempenho e a métrica de segurança, para assegurar a qualidade do serviço, gerar as estatísticas de utilização e detetar e resolver abusos de endereço.